UMA OBRA QUE BENEFICIOU MAIS DE MIL FAMÍLIAS

Obra realizada em São João Batista (SC). Confira o vídeo:

A Infraed Engenharia executou a obra pública de Ampliação da rede de distribuição de água dos bairros Tajuba II e Jardim São Paulo, em São João Batista (SC), pela oportunidade de melhorar a qualidade de vida dos moradores dos bairros.
O trabalho foi financiado pela prefeitura da cidade, por meio do Serviço de Infraestrutura, Saneamento e Abastecimento de Água Municipal – Sisam. .

Infraed
A equipe técnica da INFRAED Engenharia é experiente em serviços como Edificação de concreto armado; Estrutura metálica; Estádio; Ponte; Porto; Pavilhão industrial; Sistema Preventivo de Incêndio; Impermeabilização; Recuperação contra corrosão; Restauração; Reforço estrutural com Fibra de Carbono; Concreto projetado; Jateamento para limpeza de concreto e aço; Infraestrutura e obras similares.

ÚLTIMA SEMANA DE ARRECADAÇÕES DA CAMPANHA DO AGASALHO 2018

Nesta sexta-feira, dia 8, terminam as arrecadações da Campanha do Agasalho 2018.  Mas como o frio chegou com tudo no fim de maio, muitas roupas, sapatos, jogos de cama e toalhas arrecadadas pela campanha já foram doadas para o Centro Pop, da Casa de Passagem de Itajaí e também serão repassadas a unidades do CRAS, para ajudar famílias vulneráveis da cidade.
Mas eles precisão de mais para poder enfrentar esta fria estação. 

Aproveite esta última semana para verificar no seu guarda-roupa, aquela peça que não usa mais e não deixe de doar

.LOCAIS

Deposite as suas doações em nossas caixas de arrecadação:

Itajaí:
– Recepção do Itajahy Trade Center –
(ao lado do Itajaí Shopping – Rua Samuel Heusi, 190)
– KS Ortho Clinic –
(Rua Anita Garibaldi, 391 – Centro)

Balneário Camboriú:
– Kompakto Comunicação –
(Rua 902, 215 – salas 01 e 02)

Centro Pop 

O Centro Pop de Itajaí recebe diariamente cerca de 70 moradores de rua, que passam pelo local apenas para se alimentarem, tomarem banho e participarem de atendimentos com psicólogo e outros profissionais.
Segundo a coordenadora do local, Luciane Claudete dos Santos, eles sofrem com um forte preconceito e acabam não recebendo doações da população. Carentes e necessitados, vivem com o que ganham de ajuda.