Fale Conosco

WhatsApp

Nossas
Redes

Solicite
Orçamento

$

Conheça as diferenças entre restauro, reforço e recuperação estrutural

No ramo da engenharia, alguns serviços que exigem mais conhecimento técnico podem confundir quem é mais leigo no assunto.

Conheça as diferenças entre restauro, reforço e recuperação estrutural

No ramo da engenharia, alguns serviços que exigem mais conhecimento técnico podem confundir quem é mais leigo no assunto.

Restauro, reforço e recuperação estrutural, você sabe quais as principais diferenças entre eles?

Vamos explicar aqui algumas das características de cada um e cuidados que não podem ser deixados de lado, para a execusão deles.

 

Restauro de engenharia

De maneira geral, tanto a recuperação quanto o reforço estrutural podem fazer parte de um restauro de uma edificação. O restauro estrutural nada mais é do que trazer novamente a estrutura a sua origem. Temos como exemplo, uma seção de viga ou pilar que perdeu o cobrimento de proteção ou uma construção que está cedendo por conta de um recalque diferencial.

São dois casos de situações que precisam ter novamente suas características restabelecidas. A perca do cobrimento de proteção é corrigido por recuperação estrutural devido a presença de manifestações patológicas no concreto, já o recalque diferencial, por reforço estrutral, para garantir o reequilíbrio das tensões na estrutura, tornando-a firma novamente.

Recuperação estrutural

A recuperação estrutural é um trabalho especializado do ramo da engenharia, para resolver problemas na estrutura de uma construção, tornando-a segura novamente.

Como o nome já diz, recupera uma estrutura danificada, com as armaduras enferrujadas ou corroídas, entre outas manifestações patológicas que ocorrem no concreto armado.

Um exemplo de estrutura que precisa ser recuperada, é de uma armadura de aço quando fica exposta por uma fissura no concreto e entra em contato com o ar por muito tempo. A armadura em contato com o oxigênio  motiva o início de um a processo de degradação e corrosão. Vai se espalhando e afinando até que vire pó. Essa é uma manifestação patológica que precisa ser corrigida assim que percebida, pois pode danificar toda a estrutura e no caso da negligencia ou de serviço mal executado pode correr o risco de ruir.


Reforço estrutural

Outro tipo de serviço complexo de engenharia, é o reforço estrutural, que é uma execução que envolve ações diretas na estrutura já existente. De certa forma, é amplificar o que já existe, trazer reforço para que uma estrutura possa suportar mais carga.  Como é o caso da construção de um novo andar em uma edificação que já existe, assim como uma empresa que precisa trazer um maquinário mais pesado para uma de suas estruturas, ou o simples desejo de inserir uma piscina em um andar que não estava planejado anteriormente.

Existem vários tipos de reforços, em materiais diferentes: no concreto, em fibras de carbono, em perfis e chapas metálicas, em fundações, mas isso é assunto para outro momento.

 

Obritatoriedade de vistorias anuais 

Cada vez mais as prefeituras brasileiras tem solicitado vistorias anuais em qualquer tipo de edificação de concreto. É importante que o diagnóstico seja feito anualmente tanto em construções antigas como em novas. Se a construção tem pelo menos 5 anos de vida, já deve receber vistoria. 

Assim possíveis problemas estruturais em lajes, vigas ou pilares são identificados logo no começo, evitando a evolução das manifestações patológicas, tais como corrosão do aço, carbonatação do concreto, fissuração, dentre outros.

Fique atento: 

O reforço e a recuparação estutural são intervenções extremamente sérias e que exigem conhecimento técnico, profissionalismo do engenheiro e mão de obra que executa. O serviço mal feito, pode acarretar, em casos mais graves, o desmoronamento da estrutura.

Por isso, o conhecimento e cuidado com todos os detalhes durante o processo é essencial não apenas para alcançar a nova finalidade do projeto, mas também para não debilitar a estrutura, que é um risco eminente quando não envolve profissionais experientes e especialistas neste tipo de solução.

 

Laudo técnico

Antes de executar qualquer um desses serviços, o primeiro passo é a elaboração de um Laudo Técnico Estrutural. O laudo abre o caminho para todo o trabalho e deve apresentar as causas do problema e as suas soluções, além de uma previsão para um cronograma bem estruturado de serviço e custos. 

Uma estrutura tem a chance de ser recuperada desde que o processo seja conduzido por um especialista. 

 

Texto e imagens: Infraed Engenharia

 

+

Conheça as diferenças entre restauro, reforço e recuperação estrutural

+

Conheça as diferenças entre restauro, reforço e recuperação estrutural

+

Conheça as diferenças entre restauro, reforço e recuperação estrutural

+

Conheça as diferenças entre restauro, reforço e recuperação estrutural

+

Conheça as diferenças entre restauro, reforço e recuperação estrutural